Seja bem-vindo. Hoje é

Gente Encantada

Que os Deuses te guardem na palma de suas mãos.Abençoadas/os sejam!

Olá! Você estã Nas Mãos da Lua!

Calendário Lunar 2014 e os Sabás para o hemisfério sul

 Olá gente encantada!Aqui segue os nossos dois presentes de final de ano para vocês. Os Sabás são apenas para o hemisfério sul, ok!
 Eu, Karla, Lugh e Nuit agradecemos a cada um de vocês por compartilharem esse ano com a gente. Tivemos perdas e ganhos. A vida continua sempre. O importante é seguir em frente com a cabeça erguida e com a consciência limpa.
 Que a Deusa e o Deus te abençoem sempre!Amor e Luz!

            Ariadne, Karla, Nuit e Lugh ou em outras palavras ☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾
☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

Litha está aqui

LITHA ESTÁ AQUI!

21 de Junho) H. Norte / (21 de Dezembro) H. Sul

Esse é o ápice do verão, quando o Deus e a Deusa se encontram em sua plena juventude, e com toda energia da vida ascendente. Na noite de Midsummer (O Solstício de Verão) fadas, duendes e toda a sorte dos ELEMENTAIS correm pela Terra, celebrando o fervor da vida.

A data era comemorada nos tempos antigos geralmente com jogos e festivais. O corpo e o físico são reverenciados nesta data. Nesse dia o Sol atingiu a sua plenitude. É o dia mais longo do ano. O deus chega ao ponto máximo de seu poder. Este é o único Sabá em que às vezes se fazem feitiços, pois o seu poder mágico é muito grande.

COMEMORANDO O MIDSUMMER ou LITHA

É hora de pedirmos coragem, energia e saúde. Mas não devemos nos esquecer que, embora o Deus esteja em sua plenitude, é nessa hora que ele começa a declinar. Logo Ele dará o último beijo em sua amada, a Deusa, e partirá no Barco da Morte, em busca da TERRA do Verão. 

Da mesma forma, devemos ser humildes para não ficarmos cegos com o brilho do SUCESSO e do Poder. Tudo no Universo é cíclico, devemos não só nos ligarmos à plenitude, mas também aceitar o declínio e a Morte. 

"Nesse dia, costuma-se fazer um círculo de PEDRAS ou de VELAS vermelhas. Queimam-se flores vermelhas ou ERVAS solares (como a Camomila) juntamente com os pedidos no Caldeirão." 

ERVAS TÍPICAS DO MIDSUMMER

Camomila, Sabugueiro, Lavanda, ARTEMÍSIA , Pinho, ROSAS , Verbena, Samambaia, CRAVO , Margarida, Lírio e Hera. 

COMIDAS TÍPICAS DO MIDSUMMER

Frutas frescas e vinho doce.

Fonte: Old Religion

☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

O LADO BRUXO DE CADA UM


Olá gente encantada!Tudo bem com vocês?Vamos falar um pouco sobre o  nosso lado bruxo. Preparadas/os?
Desde cedo, aprendemos que temos que ser bonzinhos para com todos, praticar só o bem e buscarmos a perfeição para sermos amados e aceitos.
Desde muito cedo, recebemos a mensagem clara ou subentendida de que não podemos decepcionar quem amamos, pois o castigo será terrível: não gostarão mais de nós.

E ai de nós, se nossos desejos forem diferentes, se tivermos limitações que impedirem de corresponder ao que planejaram para nossas vidas...

Desde crianças nos ensinam a só mostrar nosso lado "fada", aquele que nos torna servis e disponíveis para o desejo do outro, aquele que abdica de si mesmo para que o outro alcance o que aspira.

E, assim, pela vida a fora, tal aprendizado nos é cobrado, gerando um conflito interno, parceiro da culpa e de uma rejeição pelo que somos...

Em dado momento da vida, se você não se tornar auto-didata em dar voz ao seu lado "bruxa(o)", aquele que está atrofiado porque era feio e condenado desde a infância, aquele que faz parte de você e com quem você sempre travou uma luta de não aceitação por medo de ser rejeitado, você irá descobrir que não foi o dono real de sua história de vida, que não viveu realmente, só sobreviveu.

Numa cultura que idolatra o "belo", o "inteligente", o "vitorioso", o forte, só nos é autorizado praticamente a mostrar e a vivenciar nosso lado fada, um lado que considero incompleto e muitas vezes utópico, perfeccionista, de uma exagerada autocobrança, que nos afasta de nós mesmos e do amor que precisamos nutrir.

Ao contrário de uma visão tradicional, vejo o lado bruxa de cada um como sendo aquele que o torna mais humano e compreensível com as falhas da vida.

Enquanto que a fada vive de encantos luminosos, a bruxa faz uso da terra e do que nela existe, mesmo que aparentemente seja feio.

Imaginar a vida como um conto de fadas, onde sem "varinha de condão" não resolveremos nossos problemas e não venceremos os obstáculos, é algo fantasioso e desgastante.

A riqueza de sermos o que somos e que nos faz ser únicos resulta da união de tudo aquilo que habita dentro de nós e, principalmente, do acolhimento de nossas facetas consideradas "estranhas", diferentes ou inadequadas pelos demais.

Embora não tenham nos ensinado, "usar a vassoura" para eliminar o que diversas vezes nos atrapalha, como o que os outros esperam ou pensam de nós e construir nosso próprio caldeirão de valores e crenças, será a grande mágica da vida de quem sabe que é humano e se aceita como é.



☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

ABRA-SE AO UNIVERSO


Olá gente encantada! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Hoje a Terra, a Lua e o Sol se alinharão. Em algumas tradições, este fenômeno significa a representação da Deusa em sua 3 formas. Acreditamos também que os eclipses, tanto lunares como solares, representam o símbolo fálico da união do Deus com a Deusa.De qualquer maneira, aproveite este momento único. Hoje também celebramos  a Lua Rosa que é a lua plena mais próxima de um Sabbah e devido a isto, ela intensifica as energias e os poderes deste.Portanto, eleve os seus desejos e pedidos a Lua e abra o seu coração à abundância do universo.

Abençoadas/os e Glorificadas/os sejam!

 ☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

"Amuletos, os protetores da alma..."



"Amuletos, os protetores da alma..."

AMULETOS E TALISMÃS AMULETOS (DO LATIM = AMOLIRIR = AFASTAR) EM ÁRABE (Hamal) = couraça. Talismã (em grego Telesmena = coisa consagrada).
Desde a antiguidade, as pessoas costumam levar consigo ou guardar em casa objetos que acreditam terem poderes sobrenaturais de afastar desgraças e má sorte. Agem de forma defensiva, pois recebem e acumulam as forças positivas e dispersam as negativas, imunizando assim o seu dono de influências externas.
Mas você sabia que talismãs e amuletos são diferentes? Apesar de terem a mesma função, proteger quem os usa, os amuletos são objetos já prontos encontrados na natureza, enquanto os talismãs são peças feitas pela mão do homem.
O uso de amuletos e talismãs é universal em quase todas as culturas e religiões, sendo apresentado e utilizado de diferentes formas.

Exemplo muitíssimo reduzido de amuletos e talismãs existentes:


Os amuletos podem ser animais, minerais ou vegetais e os mais conhecidos e usados são:

Pés de coelho - normalmente usadas no bolso esquerdo das calças, ele ajuda a dar boa sorte, principalmente para ganhar em jogos de azar.

Cristais e pedras - são fontes de energia, são muitos utilizados para meditar, orar, curar, energizar ambientes, plantas, animais e pessoas.

Trevos de quatro folhas - utilizado para trazer sorte e também alcançar a realização de suas aspirações e desejos.

Ramos de arruda, comigo ninguém pode, alecrim - são usadas para afastar o azar, mau-olhado e desviar as energias negativas para longe de si.

Já os talismãs mais comuns e utilizados são:

Patuás - são trouxinhas feitas com tecido e ervas para proteção, muito utilizado no candomblé (Brasil), mas também se chama de patuá a um aglomerado de pequenos objetos de proteção juntos (tipo balangandã).

Escapulário - é um cordão com duas imagens de santos católicos presos em cada extremidade, os devotos os carregam pendurados ao pescoço na altura do peito e costas.

Chave - muitas religiões a utilizam esse símbolo para favorecer situações que envolvam mudanças.

Cristos, Santos e Cruxificos - simbologia cristã que se pode obter através de diversas formas e que têm o objectivo de proteger quem os transporta e livrar do demônio e seus caminhos.

Jamais faça um talismã com o intuito de fazer mal a alguém, pois você atrairá a vibração negativa para si. Não esqueça também de um detalhe muito importante. Toda vez que tiver o seu desejo realizado, agradeça humildemente, dessa maneira um universo de boas energias irá conspirar a seu favor.


PATUÁ
O Patuá é um talismã usado para atrair sorte e proteção e têm o mesmo conceito do que os Balangandãs.
Os patuás podem ter diversos modelos e objetos, conforme o que se pretende e ser usados das mais diversas formas, como chaveiros, pulseiras, colares, mini patuás para pendurar no telefone celular, em bolsas, etc...

Pingentes que podem compor um patuá e seus significados:

Anjo ou fada: proteção, boa ventura, companheirismo, amizade
Borboleta ou libélula: transformação, crescimento pessoal
Bruxa: magia; força; fertilidade; o feminino
Cavalo marinho: fidelidade
Cavalo: força, virilidade, orgulho; o masculino
Chave: abrir caminhos
Coração: amor
Coruja: sabedoria
Cristais: luz, sucesso, paz
Dado: sorte e sucesso
Elefante: prosperidade
Estrela: sucesso
Figa e ferradura: sorte e proteção
Sapo: sorte
Guiso ou sino: proteção, alegria
Nossa Senhora Desatadora de Nós: resolução de problemas difíceis
Olho: proteção; contra mau olhado, inveja, etc
Pimenta: protecção, bons relacionamentos amorosos
Saco de dinheiro: dinheiro; moedas: fortuna
Sal: contra o mau olhado
Santo António: santo casamenteiro
Trevo de quatro folhas: sorte
Vaquinha: fartura, abundância

BALANGANDÃS
O Brasil é um país folclórico por natureza e muito rico em superstições pela multicultural.
Alguns historiadores indicam surgimento do balangandã na Bahia. São miniaturas de objetos, sinais e símbolos originalmente confeccionados em metal, normalmente ouro ou prata. Entre eles encontra-se a figa, espada, animais, búzios e frutas, reunidos em torno de uma argola também metálica.
O nome Balangandã, imita o som que produziam quando eram agitados pelos movimentos do corpo de quem os usava.


Descrição dos amuletos da penca de Balangandãs original, usada pelas negras:

Corrente: símbolo da escravidão. afasta mau olhado e doenças.
Pão de Angola: símbolo da longevidade.
Pomba: símbolo dos santos mártires e devoção cristã.
Romã: símbolo do gênero humano e fecundidade.
Ferradura: símbolo da felicidade e sorte.
Cabaça: Cosme e Damião - Usado para guardar água pelos escravos.
Sol: Oxumaré - Deus do arco-íris e chuvas.
Lua, Arco e Flecha: Oxóssi - Deus das florestas e da caça, São Jorge.
Caranguejo: Omolú - Deus do Sofrimento.
Espada: Iansã - Deusa dos raios, ventos e tempestades.
Caju ou Machado duplo: Xangô - Deus do raio, trovão, fogo e justiça.
Peixe: Yemanjá - Deusa das águas, mares e rios.
Cajado: Oxalá - Deus do ar,céu, rios e montanhas.
Uvas ou Leque: Oxum - Deus das águas doces, fontes e cachoeiras.

As escravas negras usavam-nos amarrados à cintura em dias de festa.
Acredita-se que os negros vindos da região do Islão foram os responsáveis pela produção desses ornamentos em metal, pois eles conheciam técnicas de fundição e trabalho dos metais. Escravos vindos dessas regiões chegaram em grandes quantidades à Bahia (Brasil).
Diz-se que os Balangandãs afastam o mau-olhado e forças negativas.
Por volta dos anos 70, uma peça marcante da Joalheria foi inspirada neles... Os balangandãs eram então presos em grossas correntes de pulso, tudo em ouro ou prata, com ou sem pedras preciosas. Eis o nascimento da Pulseira de Berloques! Cada miniatura era mais delicada do que a outra, meteoros, globos, carrinhos, lanternas, chupetas, animais e mais uma infinidade de belos objetos, inclusive discos voadores...

Apesar de nunca terem desaparecido, hoje eles estão de volta aos colos femininos e masculinos também, presos a cordões de couro ou correntes e nos mais diversos materiais e cores, são considerados objectos de moda apesar de seguirem bem de perto os cultos e símbolos ancestrais pois os os símbolos são parecidos.
Um material utilizado com frequência nos balangandãs modernos são pedras, cristais de quartzo, rosa, fumo ou mesmo ágatas de diversas cores mas também os podemos encontrar em pedras preciosas e muito raras.

Todas as religiões, crenças e superstições são apresentadas... Do crucifixo cristão, estrela de David, até aos búzios, escaravelhos e moedas chinesas. O que importa é a fé.

Alguns dos ornamentos vistos hoje no Cordão de Balangandãs, usados pelas mulheres e homens mais elegantes:

Figa: tem a forma da mão fechada com o polegar entre os dedos médio e indicador. É um forte amuleto contra o mau-olhado e inveja. Essa aparência é também interpretada como um gesto obsceno e símbolo do ato sexual. A proteção oferecida por tal peça pode ser devida à crença de que as criaturas do mal são assexuadas e temem alusões que refiram-se à sexualidade. Não se pode dizer que sejam amuletos exclusivos da cultura Africana, pois já foram encontrados em países da Europa central. Dizem que a Figa "fecha o corpo" de quem a usa. Recomenda-se a quem perde uma figa para que não a procure, pois ela certamente leva consigo o mal que devia cair sobre a pessoa.

Trevo de Quatro Folhas: favorece sorte no jogo, chama dinheiro, dá felicidade a quem o possui, propicia vida longa. Tantos méritos numa pequena plantinha, o problema está em encontrá-la. O trevo com 3 folhas é muito comum e utilizado em muitas crenças de antigas culturas da Europa, já o de 4 folhas é raro. Há quem diga que ele sinaliza uma união, uma encruzilhada que marca um encontro importante.

Dente: entre os guerreiros de antigas culturas simbolizavam bravura, status. Estão intimamente ligados à força, virilidade, fertilidade. O mais comum nos amuletos são dentes de animais, longas presas e o seu uso também afasta o Medo.

Garras de animais: tem a mesma simbologia que os dentes.

Ferradura: Traz felicidade e sorte. Afasta mau-olhado e desgraças. Três fortes elementos estão associados a esse objecto. O Ferro, metal temido pelos demônios e maus espíritos. A forma de uma Meia Lua evocando fertilidade, sensibilidade e contato com o Cavalo, animal que simboliza força, vitalidade. Diz-se que se encontrado naturalmente ainda com um prego agarrado na ferradura, os seus poderes são mais fortes ainda. Na Europa quase todos os estábulos possuem uma na porta pois diz-se que afasta os males dos animais.

Pimenta: o ardor que proporciona ao ser consumida foi o responsável por associá-la aos símbolos da Superstição. Acredita-se que possa afastar todo o mal deixando o inimigo com um terrível gosto em sua boca e ardor em suas entranhas. A cor viva de algumas espécies são atrativas para os olhos, "puxando" toda energia ruim que possa vir desse olhar.

Chave: amuleto que tem o poder de abrir ou fechar. Pode abrir caminhos, facilitando conquistas. Diz-se que "fecha o corpo" contra os maus espíritos. Uma chave pode simbolizar um coração fechado esperando quem o abra para o amor. Pode ser também a marca de um grande segredo guardado. Quem encontra uma naturalmente, está prestes a viver uma revelação muito positiva.
Olho Grego: o olho é o eterno símbolo da capacidade espiritual de ver. Ele também emite energias. O Olho Grego em especial é feito de vidro colorido, o mais comum é uma esfera branca com uma circunferência menor azul turquesa e uma bem pequena preta, representando a pupila. Afasta qualquer tipo de inveja. Enquanto realiza essa tarefa ele absorve tais energias, sendo assim pode se quebrar. Se isso ocorrer não se deve lastimar, ele cumpriu sua tarefa.

Mão-de-Fátima: o nome desse talismã de origem Muçulmana é uma homenagem à filha do profeta Muhammad (Maomé). Esse símbolo representa também Fé, Oração, Jejum, Caridade, Peregrinação, os 5 pilares do Islão. É a representação da Justiça e Generosidade.

Sapo: todas as 'bruxas' tem um. Pode ser associado tanto à Fertilidade quanto à Fortuna. Sua fácil reprodução e sua semelhança com o útero são os responsáveis pela associação à fertilidade. Quanto à Riqueza, diz-se que se tivermos um sapo todo o dinheiro que sai da carteira voltará para ela e os comerciantes costumam ter um perto da caixa registradora. Está ligado à Lua, á umidade, ao feminino. Algumas culturas acreditavam que as pérolas surgiam das entranhas de sapos especiais. Foi usado por egípcios, antigas culturas orientais e da América Latina além dos Alquimistas e mesmo pelos índios do Brasil.

Coração: entre os 3 centros espirituais e vitais do ser humano esse é considerado aquele que equilibra os dois outros, cérebro e sexo. É o símbolo maior do Amor. Era a única víscera mantida no interior do corpo durante o processo de mumificação dos egípcios por ser considerado indispensável à conquista da eternidade. Quem usa um coração mantém acesa a chama do Amor, do carinho, do afeto.

Elefante: símbolo da força não agressiva e sabedoria. Longevidade também é um de seus atributos. Dizem que um elefante branco anunciou o nascimento do Buda. Esse protetor da família também é famoso por afastar demónios.

Moeda Chinesa: na China do século VII a.C. moedas de cobre eram gravadas com ideogramas, dois ou quatro em cada peça. Os ideogramas sozinhos já são fortes escudos contra o mal, aliados ao metal tornam-se ainda mais fortes. Acredita-se que possam afastar o infortúnio da fome, as energias negativas e proteger contra epidemias, prolongando assim a vida.

Punhal ou Espada : simbologia muito protetora. Corta as más energias que são dirigidas á pessoa e é um símbolo de força e coragem guerreira. Afasta os falsos amigos e os traidores.

Talismã Contra Mal Olhado

Para voce que se sente vulnerável á inveja,faça um talismã para carregar sempre próximo ao seu corpo.

Voce vai precisar de:

Um pedacinho de pano vermelho,sete folhinhas de arruda(veja bem,são folhinhas,não galhos),um cristal branco,sete pedrinhas de sal grosso e uma agulha virgem.Para montar é muito simples basta colocar tudo dentro pano vermelho e costurar fazendo um pacotinho.Detalhe:isso deverá ser feito numa segunda feira de lua crescente para sua vida crescer livre da inveja e do olho grande.Não beba nada de alcólico no dia e acenda um incenso de sal grosso no ambiente. 


☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

O Caminho do Mago



Olá gente encantada!Tudo bem com vocês?Estivemos confusos com a perda de nossa irmã e estamos retomando o nosso blog. Esperamos que vocês nos desculpem. Às vezes, a vida nos ensina pelos caminhos mais tortuosos e acima de tudo, nos faz ver que ela sempre segue porque como Cazuza falou; "o tempo não para". Mas, vamos a nossa postagem de hoje.

O CAMINHO DO MAGO
1ª Lição – Existe um mago dentro de todos nós. Esse mago tudo vê e tudo sabe. O mago está além dos opostos da luz e das trevas, do bem e do mal, do prazer e da dor. Tudo o que o mago vê tem suas raízes no mundo invisível. A natureza reflete o estado de alma do mago. O Corpo e a mente podem adormecer, mas o mago está sempre desperto. O Mago possui o segredo da imortalidade.

2ª Lição – A volta da magia só pode acontecer com o retorno da inocência. A essência do mago é a transformação.

3ª Lição – O Mago observa o mundo ir e vir, mas sua alma habita as esferas de luz. Seu corpo é apenas o lugar que suas memórias chamam de lar.

4ª Lição – Quem sou eu? É a única pergunta que vale a pena ser feita e a única que jamais é respondida. É seu destino desempenhar uma série de papéis, mas esses papéis não é você.

5ª Lição – Os magos não acreditam na morte. A luz da consciência, tudo está vivo. Não existem inícios ou fins. As moléculas se dissolvem e se extinguem, mas a consciência sobrevive à morte da matéria na qual ela viaja.

6ª Lição – A consciência do mago existe em toda parte.

7ª Lição – Quando a sua percepção for purificada, você começará a enxergar o mundo invisível – o mundo do mago. Purificar-se consiste em livrar-se das toxinas da sua vida: emoções tóxicas, pensamentos tóxicos e relacionamentos tóxicos.

8ª Lição – O Poder do mago é o poder do amor, todos os outros poderes são destrutivos.

9ª Lição – O Mago vive num estado de conhecimento. Esse conhecimento é sua própria realização.

10ª Lição – Todos temos um eu-sombra que é parte de nossa realidade total, quando a sombra é curada se transforma em amor.

11ª Lição – O Mago é mestre na transformação, em busca da perfeição.

12ª Lição – A Sabedoria está viva, a incerteza que você sente interiormente é a porta de entrada para a sabedoria.

13ª Lição – A realidade de sua experiência é uma imagem especular dos seus pensamentos e expectativas.

14ª Lição – Os magos não lamentam as perdas, porque a única coisa que pode ser perdida é o irreal.

15ª Lição – O amor é mais que uma emoção, é uma força da natureza e, portanto tem que conter a verdade. O amor mais puro está onde é menos esperado, no desapego.

16ª Lição – Existem infinitas esferas de consciência, o mago sabe que existe simultaneamente em todas.


17ª Lição – Os buscadores nunca se perdem, pois recebem continuamente orientações espirituais que as pessoas chamam de coincidências. Não existem coincidências para os magos, cada acontecimento revela um plano espiritual Divino.

18ª Lição – A imortalidade da alma deve ser vivida hoje na mortalidade do corpo. O Mago tem consciência da batalha entre o ego e o espírito, mas sabe que ambos são imortais.

19ª Lição – Os magos não condenam os desejos, sabe que são sementes para germinar. Ensinam que você deve acalentar os desejos do seu coração por mais triviais que sejam, pois o conduzirão a Deus.

20ª Lição – O Maior bem que você pode fazer ao mundo é tornar-se um mago.

Autor : Deepak ChopraDo Livro: O Caminho do Mago
 Bençãos de Luz
 
Ariadne



☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

O LIVRO DO PRAZER





Olá gente encantada! Tudo bem com vocês? Hoje trago para vocês Prefácio ao Amor Próprio que uma das partes do Livro do Prazer. 

O Livro do Prazer (Auto-Amor) também entitulado O Livro do Êxtase ou Estudo sobre a Psicologia do Amor é sem dúvida o trabalho mais importante do genial Austin Osman Spare, filósofo e magista percursor e de certa forma grande responsável pelo nascimento da Magia do Caos. Seu tema é a completa desconstrução de universos conceituais como a mais poderosa arma mágica que um ocultista pode ter.
Sem medo podemos dizer que as ciências ocultas podem ser divididas entre antes e depois do Livro do Prazer. Da mesma forma a escalada pessoal de cada um que lê-lo não ficará indiferente ao seu conteúdo. Ele cobre os fundamentos da sigilização, o controle da mente subconsciênte, a criação de alfabetos mágicos e a prática da postura da morte.
Esta versão é baseada na edição original de 1913.


O livro do prazer: a psicologia do êxtase

12- Prefácio ao Amor Próprio

Sejamos honestos: Tú és "aquilo", supremo na liberdade o mais desejável, intocado pelos seis entorpecedores. A sexualidade trabalha, de modo que a Morte possa ser colhida pelo desejo. Os elusivos caprichos dos sentidos são perigosos, por causa da probidade que você aprendeu a obedecer e controlá-lo. O fogo do inferno arde porque você  o "concebeu"; e cessará quando você identificar o Ego com todas as possibilidades de suas qualidades, acreditando através do processo do "Nem Uma Coisa Nem Outra".
Você é fogo embora você esteja chamuscado: Porque você "desejou" a crença (de modo diferenciado ou não - não faz diferença); e ciclo da crença prossegue e sempre obriga, então um dia você acreditará diferente e o fogo não mais machucará..... estará você salvo? Haverão outros meios de magoá-lo?
Neste estado que não o é, não há consciência do sentido que tú és "aquilo" (Kia), que é soberbo, além do escopo da definição - não há a tentação da liberdade,"isto" não foi a causa da evolução. Portanto "isto" está além do tempo, consciência e inconsciência, tudo ou nada, etc; isto eu percebo através do "Nem uma Coisa Nem Outra" que está automaticamente além de qualquer idéia, sempre livre em todos os sentidos. Talvez isto "não seja obscuro através de uma contínua reflexão e vaguamente sentido pelas mãos da inocência - mas quem é que entende significados tão simples? "isto" não é nunca percebido, sendo o Extase imperceptível do " Nem Uma Coisa Nem Outra" sempre presente mas oculto pela exaustão através do ciclo da Unidade. A certeza de consciência é sempre a incerteza do que é percebido ou experimentado em qualquer estado que seja, a constante dúvida soletrando, modo, dôr, decadência, e assim por diante—a causa da evolução, a eterna imperfeição.
Oh, desejo, ouça! No que diz respeito à virulência o desejo espiritual-é. tão fatal quanto o sensual. Aspiração em relação ao "supremo" é uma rede de desejos mortais por causa da covardia que dentro habita, portanto, alguma sabedoria não satisfeita aguardando a exploração para sofrer a sua evolução. Não há sabedoria final - não há desejo final. Como pode algo acabar? O hoje já terminou? Estas coisas são sem fim.
Uma pessoa deseja coisas deste mundo, mas aonde esta a diferença de desejar o "Supremo Gozo"? Qual é o mais egoísta? Qual é o que está mais perto de você? Qual agrada mais ao Criador? Você tem certeza dos desejos do Criador e estará você certo quanto aos seus próprios desejos? Será você o Criador ou somente você mesmo, enquanto você afetuosamente imagina o seu conteúdo?
Todos estes desejos, o quão poderosos possam ser, você encarnará um dia - sim, fotografe. Estas coisas já existem - muito breve você terá fotografias espirituais (não forjadas) - mas não com a câmera que você atualmente usa. O pioneiro é sempre o velho tolo. Uma reflexão: alguns espíritos já são fotografados - os micróbios.
Você está livre do desejo de algo? Crença é desejo eterno O desejo é a sua própria crueldade, os grilhões que fazem a mão trabalhar era algum mundo — desconhecido; nada está sempre morto e nenhum pensamento morre, o mestre torna-se o escravo e a posição se alterna; há muito que você acredita nisto, está na carne de suas gerações com o mais impiedoso Juiz: A zombaria de todas as suas mudanças ou a inversão de seus valores: Esta constante maldição e blasfêmia — não haverá mais alívio no conhecimento do nascente e inflexível mestre que impõe tarefas? Não está os nossos corpos manchados com seu sangue? Não esteve o mundo sempre ensanguentado? Não são os nossos prazeres senão uma pausa para beber o sangue da matança? Oh, mentirosos determinados, vós ainda não conhecem a mentira, ela pode ser a Verdade!
O Ego é desejo, então tudo é fundamentalmente desejado, o desejo é sempre uma previsão preliminar de uma terrível da satisfação oculta pela sempre presente glória vã. O milênio rapidamente virá e partirá. Os homens serão maiores que os Deuses que eles sempre conceberam e haverá maiores desagrados. Você é sempre o que você é  mas você poderia o ser de modo diferente!
Uma pessoa ou uma nação, não importa o quão vã ou satisfeita, cai inevitavelmente no desconhecido e inevitável desejo, que o consome aos poucos através destas condiçôes-. Qualquer condição! A mente torna-se firme de desejo em desejo corno uma devoção, mas quando realizado ele então é eternamente desejável? (ou até mesmo por um período de um milhão de anos). No Paraíso teus pés terão grilhões! Portanto remova o conceito de que o desejo é puro, ou impuro, ou tem uma aparencia,  remova isto através do "Nem Uma Coisa Nem Outra".Até mesmo se o desejo for para a exaustão do desejo através do "Nem Uma Coisa Nem Outra" ou para realização em uma esposa é desejo - a sua evolução é sem fim. Portanto remova o desejo de qualquer forma através do "Nem Uma Coisa Nem Outra". Remova a ilusão de que há Espírito e Não Espírito (esta idéia nunca trouxe resultados benéficos). Remova todos os conceitos pelo mesmo processo.
Tão logo permaneça a noção de que há "uma escravidão compulsória" neste mundo ou até mesmo nos sonhos, haverá a tal escravidão. Remova o conceito de Liberdade e Escravidão em qualquer Mundo ou Estado através da meditação na Liberdade pela Liberdade através do " Nem Uma Coisa Nem Outra".
Graças a isto sabemos. Vampirismo está mais que provado até mesmo através de fortes conjecturas que sempre que sangue é chupado, isto é feito por um morcego Vampiro, estando longe *a possibilidade de isto ter sido feito por um ser humano ou divino:
Portanto "Kiaize" o desejo através do "Nem Uma Coisa Nem Outra", a mais brilhante fórmula muito além da satisfação. O vácuo que tudo abraça e que reduz "tudo" ao senso comum e sobre a qual o Universo repousa.
Portanto não creia em nada neste livro através do "Nem Uma Coisa Nem Outra", e dispense o conceito do "Nem Uma Coisa Nem Outra" usando o "Nem Uma Coisa Nem Outra", e acredite que isto "não é necessário" ou a conclusão de agradar a sí próprio, porque ele "Não precisa ser e Não importa".
Acredita - se nisto "todo o tempo" como a Verdade da "Vontade", não a coisa acreditada , visto que os meios para se chegar a um fim significam evolução a meios infindáveis. Nesta mais admirável simplicidade não há início ou fim da sabedoria ou do que quer que seja, então corno poderia estar relacionada a conceitos e inteligência.


Bençãos de Luz!

Ariadne 

☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾

O setenário



Olá gente encantada! Tudo bem com vocês! Desculpem a nossa ausência mas o tempo está pouco para dar conta de algumas coisas. Talvez se tivessemos 48 horas ao invès de apenas 24 fosse bem melhor. Mas vamos a nossa postagem de hoje. Aproveitem.

O SETENÁRIO

O setenário é o número mais sagrado, porque contém a Trindade e o Quaternário e porque representa o poder divino em toda a sua plenitude. No setenário encontramos o EU SOU atuando e ajudado por todos os elementos. Quando o Iniciado chega a desenvolver seus sete centros magnéticos e a atuar nos sete mundos, o Querubim entrega-lhe a Espada Flamigera para abrir a Porta do Éden e obterá o sinal da vitória mencionado no Apocalipse de São João. A idade do Mestre na Maçonaria é sete anos ou o que equivale ao desenvolvimento dos sete centros magnéticos, chamados sete Igrejas regidas por sete Anjos do Senhor. Este número nasce do número seis, pela unidade central dos dois triângulos entrelaçados conhecido por “Selo de Salomão” ou Estrela Macrocósmica. Na Cabala o número sete é representado pelo Carro do Triunfo, porque o Iniciado que ocupa o centro dos elementos está armado de uma espada em urna das mãos, e na outra tem um cetro cuja ponta finda em um triângulo e em uma bola, sinais de poder e domínio. O Iniciado domina, pelo sete, as duas forças da Alma do Mundo, afirma-se em sua Trindade, reina sobre os quatro elementos, coroa-se com o Pentagrama, equilibra-se pelos dois triângulos o número seis — e por último faz a função de Deus Criador pelo número Sete. O número sete entra em todas as circunstâncias da vida, rege o desenvolvimento do homem e os acontecimentos do mundo, material e espiritualmente: A mulher tem em cada mês um período de quatorze dias (duas vezes sete) em que pode ser fecunda, e outro, estéril. Até sete horas depois de nascido não se sabe se o novo ser é apto para a vida. Aos sete dias de nascido, despega-se o cordão umbilical. Aos quatorze dias volta a cabeça impelido pela curiosidade. Aos sete meses, saem-lhe os primeiros dentes. Aos quatorze meses, anda. Aos 21 expressa seu pensamento por meio da voz e do gesto. Aos sete anos, saem-lhe os segundos dentes. Aos quatorze anos desperta nele a energia sexual. Aos vinte e um, chega à puberdade e está formado fisicamente. Aos vinte e oito anos, cessa o desenvolvimento físico e começa o espiritual. Aos trinta e cinco chega ao máximo de força e atividade. Aos quarenta e dois chega ao máximo da aspiração ambiciosa. Aos quarenta e nove chega ao máximo de discrição e começa a decadência física. Aos cinqüenta e seis alcança a plenitude do intelecto. Aos sessenta e três prevalece a espiritualidade sobre a matéria. Aos setenta inicia a inversão mental e sexual, e o homem se torna, como se diz, criança. Estamos aqui considerando esses ritmos nas pessoas normais, que levam uma vida equilibrada, sem excesso de remédios, comidas, exercícios, etc. Pode-se acrescentar muitas outras concordâncias que explicam a afinidade que parece existir no número sete, como, por exemplo, as enfermidades epidêmicas que estão regidas por este número: sarampo, varíola, varicela, etc.. necessitam sete dias ou quatorze para sua cura; a febre tifóide, 21 dias, etc, mas consideramos suficientes as já citadas. O objetivo da Iniciação Interna é o desenvolvimento dos sete centros magnéticos, sete chakras, chamados sete Igrejas ou sete Anjos. Tomando por centro o Sol, o Astro que verdadeiramente Nele se acha e segundo nossa observação da Terra, temos: 7 Planetas. Lua, Mercúrio Vênus, SOL, Marte, Júpiter, Saturno. 7 Dias da Semana: Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado e Domingo. 7 Anjos Superiores dos Planetas: Gabriel, Rafael, Hanel, Michael, Samael, Zadkiel, Zafkiel. 7 Espíritos dos Planetas: Phul, Ophiel, Haegt, Och, Phaleg, Relor, Aratrom. 7 Espíritos /nteríores dos Planetas, Gabriel, Rafael, Anae!, Michael, Samael, Tachel, Cassiel. 7 Virtudes, Esperança, Temperança, Amor, Fé, Fortaleza, Justiça, Prudência. 7 Metais, Prata, Mercúrio, Cobre, Ouro, Ferro, Estanho, Chumbo. 7 Vícios: Avareza, Inveja, Luxúria, Vaidade, Violência, Gula, Egoísmo. 7 Cores: Verde, Amarela, Violeta, Laranja, Vermelha, Azul, indigo (anil). 7 Notas Musicais: Fá, Mi, Lá, Ré, Do, Sol, Si. 7 Igrejas do Apocalipse. Efeso, Pérqamo, Filadélfia, Thyatira, Smirna, Sardis, Laodicéia. 7 Centros Magnéticos ou Estrelas ou Flores: Fundamental, Umbilical, Frontal, Cardíaco, Esplênico, Laríngeo, Coronário. 7 Sacramentos: Batismo, Confirmação, Matrimônio, Sacerdócio, Penitência, Eucaristia, Extrema-Unção. 7 Perfumes: Ambar, Renjoim, Almiscar, Laurel (Louro), Absinto, Açafrão, Mirra. 7 Vogais: O, A, u, E, 1, U, o. 7 Consoantes: L, K, F, C, T, P, N.

Assim poderemos continuar enumerando muitos outros setenários, porém bastam estes. Todos estes setenários são emblemas das virtudes e qualidades espirituais da aLma; têm sete degraus que correspondem aos sete Planetas e aos sete Centros magnéticos, chakras, do corpo humano que indicam o progresso desde a matéria até ao Mundo Divino.

Amor e Luz!

Ariadne


☽✪☾ Nas Mãos da Lua ☽✪☾
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Krishna e Radha

Krishna e Radha

Lakshmi e Vishnu

Roda do Ano do Hemisfério Sul

Roda do Ano do Hemisfério Sul

Roda do Ano do Hemisfério Norte

Roda do Ano do Hemisfério Norte

Músicas para você ficar Nas Mãos da Lua


Music

Alimente os peixes